~Mantra



Hoje eu vou botar tudo a perder e vou escrever.
Vou escrever como se as palavras estivessem guardadas em mim à cem anos.
Escrever com a sede voraz do texto pronto.
Escrever pra mim, pro meu livre prazer.
Porque eu não devo e nem preciso me prender em mim.
Porque não importa o que as pessoas irão dizer, eu serei EU.
Hoje mais do que nunca.
Eu.
Deixar as palavras fluírem e deslizarem dos meus dedos e as idéias formularem-se em textos.
Sentir a concretização das palavras, a afirmação dos sentimentos nelas.
A profusão de sentimentos que vivem em mim e precisam ser denunciados, declarados.
Sentimentos vivos e de cores neon.
Sentimentos de identificação mútua, e de nula compreensão.
Escrever pro meu outro eu se rever e se encontrar.
Escrever pela revolta e pela ternura. 
Retratar.

Advertisements

Se você gostou do post, não deixe de comentar. Obrigada pela visita, e volte sempre! ^^

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Outubro 2011
D S T Q Q S S
« Set   Nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
%d bloggers like this: