~Um bobo poema de amor.

Continuo amando Ana Carolina,
mas já não sei se amo você.
E não adianta você tentar tirar a verdade de mim
cara-a-cara.
Pois sua imagem diante de mim, perfeita e
clara, corta me as palavras.

Com você é fácil sorrir,
mas ao ver a despedida de aproximar em mim
aconchega-se o pranto.
Você é o meu sol, com certeza
a minha segurança.
Você me abre os olhos.

Quero você pra eternidade,
mas não te quero agora.
Sei que estou errando, sem você.
Mas quero deixar suas pernas de lado
pra aprender
a andar com as minhas.

Mas você continuará
dentro, e em mim
para toda a eternidade.

Você é o meu futuro.
Mas o meu presente pertence
à mim,
e à minha solidão.

*Eu encontrei esse texto que eu escrevi em algum momento da minha vida, e já nem lembro por que ou pra quem. Decidi postar apenas porque eu tenho um professor Lindo que me ensinou poesia. 😀

Anúncios

1 Comentário (+add yours?)

  1. EuzMarco
    Dez 02, 2011 @ 17:30:46

    num rapido olhar pensei que era eu e o gato

    Gostar

    Responder

Se você gostou do post, não deixe de comentar. Obrigada pela visita, e volte sempre! ^^

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Novembro 2011
D S T Q Q S S
« Out   Dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
%d bloggers like this: