~Adeus à Canção de Ninar

Hoje à tarde (uma tarde de inverno aquecida pelo triste sol), meu querido amigo Jheffrey Kennedy sentou se comigo e em meio a uma conversa longa sobre a vida, seus porquês e ironias, escreveu este lindo texto que espera publicação física.

Boa Leitura!

Porque será que no momento em que mais nos sentimos tristes as pessoas percebem sobre nossa existência. Por qual motivo elas nos olham e observam em nosso olhar enquanto pensamos que o melhor era estar em outro lugar? Qual a importância, qual a diferença que isso pode colocar em tais mundos? Eu não estava pensando em você, mas o encontrei, não olhei é claro e passei do seu lado.

Porém dessa vez eu não olharei para trás. Deixarei todas as minhas tristezas e frustrações para trás, junto com você e cuidarei para que eu fique triste por ter acabado o ensino médio e por ter que me separar de meus amigos. Por não ter tido tempo de conhecer mas pessoas na escola, por ter molhado meu trabalho de cinquenta e cinco páginas de português na quarta e tê-lo de entregar na quinta feira, por não ler a atividade e errar tudo consequentemente, por escrever cento e trinta e sete páginas de um livro e do nada jogá-lo no lixo…

Enfim, há muitos motivos e muitas coisas que valem realmente a pena.

Está vendo? Estou lhe deixando dessa vez, para sempre.

Adeus!

_____________________________________________________________

Obs: Dessa vez eu não editei, acho que foi um texto tão espontâneo que merece o perdão da gramática.

Anúncios

~A Menina do Vale, sucesso digital, chegará as livrarias.

O sucesso do mundo digital ‘A Menina do Vale’,  que já teve mais de 500.000 downloads desde seu lançamento em maio, será agora lançado em versão impressa, pela Editora Leya. O acordo foi fechado após acirrado leilão entre dez editoras. A ser lançada em julho, o livro passará agora a ter vinte e um capítulos – três a mais que o original.

A Bel é tesouro nacional. Com a sua determinação, atitude e iniciativa, ela é capaz de inspirar como ninguém. A Menina do Vale oferece uma oportunidade única para mergulharmos no mundo da Bel.

A Menina do Vale é a história de uma brasileira de apenas 23 anos que decidiu nunca aceitar um não como resposta, tomou as rédeas do seu futuro e se tornou uma empreendedora por vocação. A Bel é um exemplo de que no empreendedorismo e na vida, a inspiração precisa vir seguida de muita transpiração.

-Yuri Gitahy Fundador da Aceleradora

Mesmo tão jovem, a Bel já dispõe de uma enorme sabedoria sobre a vida e o mundo dos negócios. Fico feliz e orgulhoso pelo fato dela dividir tudo isso com os leitores em um livro gratuito. Esse livro vale ouro e pode ensinar a muita gente dicas que demorariam anos para serem assimiladas. Ainda nem posso imaginar todas as coisas que a Bel vai fazer nessa vida. A Menina do Vale mostra que, como a Bel, você pode fazer qualquer coisa acontecer. Basta acreditar.

-Reinaldo Normand Empreendedor, CEO da 2Mundos

A obra oferece conselhos a futuros empreendedores e vem de quem entende. Bel Pesce, autora do sucesso, já passou pela Microsoft e pelo Google, e tem agora sua própria empresa: a Lemon, responsável por um aplicativo que controla gastos pessoais. ‘A Menina do Vale’ ainda pode ser baixado gratuitamente em seu site oficial: http://www.ameninadovale.com/.

Iniciativa? Trabalho em equipe? Networking? Determinação? Quais são as coisas que podem fazer toda a diferença para quem sonha em empreender?

Em A Menina do Vale, Bel Pesce conta o que tem aprendido em sua jornada empreendedora e cita diversos cases de sucesso que mostram como o perfil empreendedor pode mudar uma vida.

Se prepare para mergulhar em histórias cativantes, que mostram que tudo é possível se você se dedicar de cabeça e coração.

 

~Só se fala em Gabriela

Após muita espera, segunda (18) foi o dia da estreia de “Gabriela”, adaptação da obra do mesmo nome do escritor Jorge Amado. Com Juliana Paes como protagonista e até com a cantora Ivete Sangalo no elenco, a adaptação de Walcyr Carrasco ficou com a média de 30 pontos de audiência, um ótimo número considerando seu horário de exibição.

Gabriela, Cravo e Canela já garantiu, ao escritor baiano Jorge Amado, diversos prêmios e adaptações. A versão televisiva mais conhecida foi feita em 1975, por Walter George Durst, tendo a atriz Sonia Braga como protagonista. O trabalho fez tanto sucesso que foi parar nos cinemas, com a mesma atriz, em 1983, com direção de Bruno Barreto. O livro, por sua vez, que foi publicado em 1958, retrata a década de 20, o período conhecido como Ciclo do Cacau, por conta da alta renda derivada dessa matéria-prima, e nos apresenta um vasto universo de riquezas, prostituição e, claro, belezas diversas.

Apesar de seus direitos autorais já terem passado por diversas editoras, hoje os mesmos pertencem à Companhia das Letras que está, inclusive, em homenagem a esse ano cheio de Jorge Amado, republicando todas as obras do autor. A nova publicaçãoé uma edição econômica, com capa da Máquina de Estúdio, por R$ 29,50 (foto).

A nova versão da TV, é claro, rendeu críticas positivas a seu primeiro episódio e garantiu, no twitter, os Trend Topics com as hashtags #Gabriela; #JulianaPaes e #DeDiaÉIveteDeNoiteÉMachadão referindo-se ao papel de Ivete Sangalo. Comparações também não faltam e não faltarão com a adaptação anterior, de 1975, e do próprio livro que, de tão rico em detalhes, pode garantir algumas falhas à versão de Carrasco. O site Vírgula UOL fez, inclusive, um álbum comparando os personagens de ambas as adaptações, nos mostrando algumas diferenças padrões. Apesar disso, não há dúvida que o ano é de Jorge Amado, mas o mês é de Gabriela.

Gabriela vai ao ar de Terça a Sexta-feira, a partir das 23h, na Rede Globo de televisão. Confira aqui algumas cenas.

Gabriela, Cravo e Canela – Jorge Amado[Companhia das Letras]

 O romance entre o sírio Nacib e a mulata Gabriela, um dos mais sedutores personagens femininos criados por Jorge Amado, tem como pano de fundo, em meados dos anos 20, a luta pela modernização material e cultural de Ilhéus, então em franco desenvolvimento graças às exportações do cacau da região. O eixo da história é a relação delicada e complexa entre as transformações materiais e as idéias morais. Com sua sensualidade inocente, a cozinheira Gabriela não apenas conquista o coração de Nacib como também seduz um sem-número de homens ilheenses, colocando em xeque a férrea lei local que exigia que a desonra do adultério feminino fosse lavada com sangue.
Publicado em 1958, Gabriela, cravo e canelalogo se tornou um sucesso mundial. Na televisão, a história se transformou numa das novelas brasileiras mais aclamadas mundo afora. No cinema, Nacib é vivido por Marcello Mastroianni, e Gabriela, por Sônia Braga.

~Disney divulga a primeira imagem do filme sobre a bruxa de ‘A bela adormecida’

Para marcar o início das filmagens de Maleficent, nesta terça (19), a Disney divulgou em seu twitter uma imagem de Angelina Jolie caracterizada como a bruxa protagonista da história. O filme será uma nova versão de A Bela Adormecida, mas tendo a visão da vilã como perspectiva.

As filmagens do longa-metragem começaram na última quarta-feira, conforme a Disney. O projeto explora a origem da bruxa Malévola, e mostra os motivos que a levaram a enfeitiçar a princesa Aurora. No desenho animado de 1959, a vilã lança uma maldição sobre a princesa, ainda bebê. Ela cresce e, aos 16 anos, toca o dedo em um fuso de uma roca e cai em sono profundo. Com o beijo do príncipe encantado, Aurora desperta.

Inicialmente o projeto ficaria a cargo de Tim Burton, mas depois de muitas indas e vindas acabou nas mãos de Robert Stromberg, com roteiro de Linda Woolverton, a mesma que escreveu outros clássicos infantis como A Bela e a Fera, O Rei Leão e Alice no País das Maravilhas. O longa marcará a estreia na direção do desenhista Robert Stromberg (AvatarAlice no País das Maravilhas), e tem produção de Joe Roth, que também trabalhou em Alice no País das Maravilhas.

Em entrevista à revista Entertainment Weekly, Angelina Jolie disse que espera que no final do filme as pessoas consigam enxergar Malévola como uma mulher que é capaz de muitas coisas e a defende: “Só porque ela se protege e é agressiva, não quer dizer que não tenha outras qualidades”.

No elenco do filme, além de Angelina Jolie, estão também Sharlto Copley, Elle Fanning, Sam Riley, Imelda Staunton, Miranda Richardson, Juno Temple e Lesley Manville. “Maleficent” terá lançamento em 3D e tem estreia marcada para 14 março de 2014.

_________________________________________________________________

Previous Older Entries

Junho 2012
D S T Q Q S S
« Maio   Jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
%d bloggers like this: