~Ulisses e as Sereias

Durante sua viagem, Ulisses se aproximaria da terra das Sereias, seres também mitológicos, misto de mulheres e de pássaros que emitiriam um canto magnífico e hipnótico capaz de atrair os homens ao mar. Após este interlúdio, elas os devoravam.

Desejoso de ouvir o canto destas Sereias mas, não ser levado à morte, Ulisses pede ajuda de Circe, que prontamente lhe orienta:

_Tu encontrarás as sereias que seduzem todos os homens que delas se aproximam; mas todo aquele que, por imprudência, ouve seu canto está perdido, de modo que sua esposa e filhos jamais presenciarão seu retorno. Poucas criaturas desfrutaram de tanta posteridade quanto estes monstros femininos. Escuta o canto, se quiseres, mas faça com que teus companheiros te amarrem com cordas, no convés do navio, pelos pés  e mãos antes que escutes a voz voluptuosa das sereias. Ordene, que em hipótese alguma, o libertem das cordas.

Para evitar a tentação e a morte, ele e seus companheiros deveriam tapar os ouvidos com cera.

Quando Ulisses já prontamente amarrado ao mastro e os marinheiros com ou ouvidos cobertos com cera, a nau ligeira se aproximou do sítio fatídico a ponto de se ouvir um grito. As sereias, então iniciaram seu cântico funesto e seu convite falaz:

_Aproxima-te daqui, famoso Ulisses, Glória ilustre dos aqueus! Para teu navio para escutares nossa voz, jamais alguém passou por aqui sem que primeiro ouvisse melíflua que sai de nossas bocas. Somente partiu após se haver deitado com ela e de ficar sabendo muitas coisas. Em verdade sabemos tudo que acontece na terra e vamos cantar para você.

Completamente enlouquecido pelo canto, Ulisses implorou para se libertar e se jogar ao mar.Mas os marinheiros, com ouvidos tapados, nada escutaram. Fez, então, muitos sinais com o rosto para que seus companheiros o libertassem, mas eles, advertidos de que isso poderia acontecer, o amarraram com mais força.

Uma das sereias, despeitada, se atirou do alto do penhasco.

Só quando o navio já estava muito longe das terras dominadas pelas sereias é que os tripulantes soltaram Ulisses. Assim, para saborear uma beleza interdita ao comum dos mortais, Ulisses enfrenta um risco terrível e triunfa. Único entre os homens, ouviu sem perecer a voz das Aves-Magicas  e se tornou o único humano a ouvi-lo e sobreviver.

Anúncios

Se você gostou do post, não deixe de comentar. Obrigada pela visita, e volte sempre! ^^

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Junho 2012
D S T Q Q S S
« Maio   Jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
%d bloggers like this: